Ir a contenido
Gastos de envío desde 1,95€! 📦
Gastos de envío desde 1,95€! 📦

O ESCÁNDALO DO LÉXICO GALEGO

€34,95
ISBN 9788484875574
Tendo-nos dedicado ao estudo do léxico galego ao longo dos últimos quinze anos, durante os quais publicamos sobre o tema diversos artigos e livros especializados, com a presente obra divulgadora assumimos a tarefa de disseminar entre um largo público o conhecimento dos principais males que hoje afligem o sistema lexical galego e, portanto, que hoje prejudicam a personalidade e a funcionalidade da nossa língua, na esperança de assim contribuirmos para quebrar a espiral de silêncio que até agora tem impedido o efetivo reconhecimento desta problemática. A multissecular e ainda hoje persistente subordinaçom sociocultural da Galiza a respeito de Castela reflete-se de forma inequívoca no estado de profunda degradaçom que o léxico da língua espontánea atual mostra, degradaçom que, triste e escandalosamente, o modelo lexical patrocinado polo oficialismo só muito parcial e ineficazmente combate, quando nom a reforça com as suas freqüentes atuaçons despropositadas. Cifra e epítome da histórica degradaçom do léxico galego é a série de seis palavras-chave variaçom sem padronizaçom, substituiçom castelhanizante, erosom, estagnaçom, suplência castelhanizante e diferencialismo nom regenerador, as quais designam fatores de degradaçom lexical que tenhem determinado, e ainda determinam, o presente estado de descaraterizaçom e de disfuncionalidade do nosso léxico, e as quais deveriam ser cuidadosamente ensinadas em todas as escolas do país como guia e estímulo para umha plena regeneraçom lingüística e cultural.

Justamente, com o objetivo de contribuirmos para desvelar e debelar esta degradaçom lexical que hoje padece o galego, destinamos a presente obra a esclarecer a natureza e a atuaçom dos referidos fatores degradativos, bem como a analisar o modo em que hoje incidem sobre o desempenho lexical dos cidadaos cultos as freqüentes inibiçons e intervençons despropositadas (atitudes nom regeneradoras) dos agentes codificadores do galego autorizados polo poder autonómico (os da RAG=ILG).

____

Editorial: Laiovento 2021
Idioma: Galego