Quem fala a minha língua?

13,00

Ensaio sobre glotopolítica composto por seis artigos em que é tratada a relação entre língua e identidade em seis contextos diferentes: Eo-Návia, Flandres, Moldávia, Occitânia, ex-Jugoslávia e Valência. Coordenado por Valentim Fagim e Xemma Fernández,

Solo quedan 1 disponibles

Ensaio sobre glotopolítica composto por seis artigos em que é tratada a relação entre língua e identidade em seis contextos diferentes: Eo-Návia, Flandres, Moldávia, Occitânia, ex-Jugoslávia e Valência. Coordenado por Valentim Fagim e Xemma Fernández, reúne seis trabalhos sobre línguas que por diferentes motivos políticos e históricos não respondem ou responderam sempre igual à questão que dá nome ao livro: eonaviego, neerlandês, moldavo, occitano, servo-croata e valenciano.

A pergunta Quem fala a minha língua? pode parecer retórica. A priori, todos os falantes sabemos respondê-la. Ora, há países e comunidades onde esta pergunta não vai atingir uma resposta unívoca. Este livro debruça-se sobre alguns destes contextos sócio-linguísticos onde a identidade e a língua atuam como pano de fundo.

Peso 0.1 kg